Quero trabalhar com fotografia

Em um mercado cada vez mais focado em imagem, como lidar com a possibilidade de uma nova atuação profissional

“Quero começar a trabalhar com fotografia, mas não sei por onde começar ou como atrair clientes. Também tenho medo de largar minha atual profissão e não ter sucesso com a fotografia. Como lidar com esta dúvida?”

RESPOSTA: Seu problema talvez seja um drama comum pelo qual todo empreendedor já passou: como largar a estabilidade do seu emprego e apostar no trabalho dos seus sonhos com um futuro incerto? A verdade é que não existe uma resposta pronta, mas alguns caminhos podem te ajudar nesse processo.

Para iniciar na fotografia você precisa, obviamente, comprar uma câmera fotográfica. Não é necessário investir logo de cara na máquina mais cara do mercado. Inicialmente, uma câmera profissional com sensor cropado já irá te atender. Depois existem os investimentos com lente, flash, bateria e cartão de memória. Além disso, é muito importante fazer um seguro do equipamento.

Certa vez, Henri Carties-Bresson afirmou que “suas primeiras 10 mil fotografias são as piores”. E a frase não poderia estar mais correta. Por isso, para chegar minimamente em um nível comercial você precisa praticar e muito. Fotografe tudo ao seu redor, sejam pessoas, objetos ou paisagens. O importante é você ter domínio cirúrgico sobre seu equipamento. Treine também o seu olhar fotográfico e a sua percepção da luz.

No entanto, para todo trabalho prático é fundamental um embasamento teórico. Por essa razão, faça cursos ou um workshop que seja com um especialista na área da fotografia na qual você pretende trabalhar. Os livros de fotografia, negócios e marketing (Sim, negócios e marketing são essenciais para viver de fotografia) vão te ajudar nesse processo, assim como a infinitude de vídeos no youtube com dicas e técnicas que você pode encontrar a custo zero.

A terceira etapa é justamente pensar em qual área da fotografia você gosta e investir nela. Sei bem que, no início, a tendência é aceitarmos todos os trabalhos que aparecem. Mas o quanto antes o público perceber que você é especialista em determinado segmento, mais atenção e valor você terá das pessoas e dos futuros clientes.

Para os clientes te contratarem primeiro eles precisam chegar até você. Por isso, te pergunto, você já contou para todo mundo que é fotógrafa? Você se apresenta como fotógrafa? Se uma pessoa entra nas suas redes sociais, ela te identifica como fotógrafa? É muito importante que todos ao seu redor percebam que você é uma profissional no seu segmento. Dessa maneira, seus perfis necessitam estar alinhados com a imagem de uma profissional de fotografia. Seus Insta, Stories, devem falar sobre o seu dia-a-dia na fotografia ou a sua trajetória para se tornar uma profissional. Além disso, é fundamental alimentar essas redes com imagens de qualidade todos os dias.

Outro fator importante é a criação de um site. Você sabia que todo cliente que pretende contratar um serviço fotográfico costuma pesquisar o nome da pessoa ou da empresa pela internet? O seu site próprio é que vai te dar credibilidade e segurança para o cliente fechar um negócio. Posteriormente, existem os investimentos com publicidade, produção de conteúdo e outras estratégias de marketing que são assuntos mais elaborados que não abordarei neste momento.

Vale destacar que você deve considerar a fotografia como um negócio como qualquer outro que demanda tempo, disciplina e muito esforço. Fotografar corresponde a cerca de 20% do seu trabalho. O restante será preenchido com edição, atendimento ao cliente, prospecção de vendas e marketing. Para quem achava que fotografar seria viver de arte, isso é um banho de água fria. Mas não desanime porque esse trabalho é extremamente recompensador.

Para finalizar, devo dizer que 95% dos fotógrafos um dia tiveram uma dupla jornada de trabalho. Por isso, não recomendo você largar imediatamente o seu emprego fixo. Inclusive, é através dele que você pode juntar dinheiro necessário para os primeiros equipamentos. No seu tempo tempo livre, procure estudar, fotografar e montar os pilares da sua empresa. Com o tempo, os clientes surgirão e terá um momento em que você pensará se vale a pena continuar com o seu emprego atual. A partir desse ponto você terá que apostar no seu negócio próprio se quiser viver exclusivamente dessa arte. No entanto, se der certo será o click mais perfeito da sua vida, capaz de extrair a satisfação e o sorriso do seu cliente e de você própria.

12 dicas super simples para fotos incríveis com o celular

Um bom fotógrafo não é só aquele que faz belas fotos com uma câmera profissional, mas também aquele que conhece bases e truques para criar uma verdadeira obra-prima com coisas que estiverem à mão. Muitas vezes, apenas a câmera do celular já basta.

1- Fones de ouvido como controle remoto

Uma utilidade pouco óbvia (mas que muita gente desconhece) dos fones de ouvido é usá-los como controle remoto.

Como fazer: Conecte os fones ao seu celular, abra a câmera e aperte o botão “+” para fazer uma foto.

2- Selfie “sem as mãos”

Todo mundo sabe que é difícil fazer uma selfie em que caibam muitas pessoas. Alguns acabam ficando fora da foto, ou a mão acaba tampando boa parte da imagem. Para acabar com o problema, faça um simples tripé.

Como fazer: Pegue um cartão plástico que esteja sem uso e dobre-o em três pontos como na foto acima. Em uma das dobraduras, você irá colocar o telefone. Use os fones ou o temporizador para fazer fotos à distância.

3- Gêmeos panorâmicos

Use a função de fotos panorâmicas para criar “dublês“ na mesma foto sem usar editores de imagens.

Como fazer: Selecione o modo ”Panorâmico”. Coloque a pessoa diante da câmera e comece a deslizar o telefone lentamente para um dos lados. Assim que a pessoa sair do quadro, pause ou desacelere o movimento. Neste momento, seu modelo deve correr por trás de você e se posicionar no ponto seguinte. Mágica!

4- A Terra em pequenas dimensões

Use diversos aplicativos para dar efeitos interessantes às suas fotos. Por exemplo, com o aplicativo RollWorld, você pode fazer da sua foto uma miniatura da Terra.

Como fazer: baixe o aplicativo e adicione nele a foto feita previamente. Experimente as configurações para criar uma imagem única.

5- Fotos sob a água

Fazer fotos sob a água com seu smartphone é mais fácil do que com uma câmera normal. E você nem precisa comprar um estojo protetor!

Como fazer: Posicione seu telefone num copo transparente e coloque 2/3 do copo dentro da água. Use os fones como controle remoto. Para fotos a profundidades maiores, coloque seu celular num preservativo de látex. Isto protegerá o aparelho da umidade e o sensor irá manter a sensibilidade.

6- Use rebatedores

Às vezes, na hora de fazer retratos, é preciso iluminar áreas escuras, adicionar profundidade e brilho. Para isto, qualquer superfície refletora pode ser útil.

Como fazer: Use um protetor de para-brisa ou mesmo papel alumínio. Com materiais refletores, você poderá iluminar áreas escuras ou dar mais brilho às fotos.

7- Use a opção HDR

A opção HDR combina várias fotos de brilhos diferentes numa só. Assim, as imagens ficam mais coloridas, com mais volume e intensidade.

Como fazer: Abra a câmera, habilite a opção HDR e comece a fazer suas fotos.

Dica: As fotos feitas neste modo ocupam mais espaço na memória do smartphone, por isso utilize-a apenas em casos especiais. Por exemplo, para fazer uma foto do pôr do sol, de árvores muito verdes ou de flores bonitas.

8- Cole seu celular numa bexiga

Para fazer uma foto de uma paisagem a certa altura, você não precisa ter um drone. Basta grudar seu celular numa bexiga.

Como fazer: Pegue uma bexiga grande e cheia de gás hélio. Prenda bem seu celular e coloque uma fita ou barbante para segurar. Solte o balão para que ele suba até a altura desejada e fotografe usando o temporizador.

Dica: Coloque um estojo protetor em seu smartphone e acione o GPS do aparelho. Caso algo dê errado, isto vai proteger seu telefone.

9- Fotografias macro (mais próximos)

Infelizmente, os smartphones não são a melhor opção para fazer fotos macro. Mas você pode resolver o problema usando uma pequena lente.

Como fazer: É possível encontrar lentes pequenas em objetos como chaveiros-lanternas. Fixe a pequena lente na lente do seu celular usando um grampo de cabelo e fita adesiva. Agora, você poderá fazer fotos macro belíssimas!

10- Óculos de sol como filtro

Usando óculos de sol, você pode deixar a água mais transparente, tirar brilho excessivo e dar uma tonalidade bonita ao céu.

Como fazer: Simplesmente faça as fotos através das lentes dos óculos. Se quiser tirar o brilho, verifique se seus óculos têm efeito de polarização.

11- Crie efeitos de brilho

Tons diferentes de cores podem transformar suas fotos completamente. Tudo o que você precisa para isto é de papel colorido semitransparente.

Como fazer: Pegue papel para embalagens (como o celofane) e aproxime-o de uma extremidade da lente para dar um brilho colorido. Você pode também fazer fotos através do papel, para dar um efeito ainda mais interessante à imagem.

12- Use outras imagens

Seu smartphone pode ajudar na criação de uma foto única.

Como fazer: Busque na Internet uma foto ou desenhe uma para completar sua selfie usando um elemento de outra imagem. Aqui, o que conta é sua criatividade e imaginação. Apenas improvise!