Cristiano Mascaro – e a lente crítica

Cristiano Mascaro (Catanduva, 22 de outubro de 1944) é um arquiteto e fotógrafo brasileiro. Atuou como repórter fotográfico na revista Veja, entre 1968 e 1972. Dedica-se a documentar as cidades brasileiras, em especial a arquitetura da cidade de São Paulo.

Mestre em estruturas ambientais urbanas, com a dissertação O Uso da Fotografia na Interpretação do Espaço Urbano (1986) e Doutor (1994), com a tese A Fotografia e a Arquitetura, ambos pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, onde dirigiu o Laboratório de Recursos Audiovisuais entre 1974 e 1988. Foi professor de foto jornalismo da Enfoco Escola de Fotografia (1972-1975) e de comunicação visual na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de Santos (1976-1986).

Na faculdade, ele teve contato com grandes artistas brasileiros, como o cenógrafo Flávio Império e o arquiteto João Batista Vilanova Artigas. Ao  mesmo tempo, o País passava por um turbulento momento político e, dentro desse contexto, a vivência universitária foi ainda mais valiosa. “Eu entrei na FAU em 1964 e saí em 1968, dois anos muito marcantes”, conta. “Nesse período, apesar da ditadura, havia um movimento de resistência na música, no teatro, nos jornais. Para mim, foi um privilégio estar na FAU e acompanhar aquele momento desse ponto de vista do combate, da resistência.”

Cristiano um estilo próprio, que na exposição é explorado conforme os diferentes eixos que seu trabalho seguiu, tanto no formato, com diferentes tipos de câmera, quanto na temática. Há uma seção dedicada apenas a retratos, por exemplo, assim como uma para imagens de casas e interiores, e outra para fotos feitas com o celular.

Também em destaque na mostra, um ponto importante da obra de Mascaro é o olhar sobre as cidades e a arquitetura. Criado em São Paulo, ele conta que essa característica o acompanha desde a juventude. “Naquele tempo, a gente ia a pé para o cinema, para a escola, e eu ficava admirando aqueles prédios”, lembra. Houve ainda um impacto do cinema, de filmes que tematizavam a vida urbana, como alguns do movimento francês da Nouvelle Vague.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s